Santa Leopoldina: conheça 3 pontos turísticos e algumas dicas! | Aline Approves

Santa Leopoldina: conheça 3 pontos turísticos e algumas dicas!

Ei pessoal! Tudo bem?

Como vocês sabem, recentemente participei da 4ª edição do Pocando no ES, que aconteceu nas cidades de Santa Leopoldina e Santa Teresa. Conheci alguns pontos turísticos e vim dar dica de 3 locais que você não pode deixar de conhecer em Santa Leopoldina!

Igreja Matriz Sagrada Família, de Santa Leopoldina.

Sobre Santa Leopoldina

Com cerca de 12 mil pessoas, Santa Leopoldina é conhecida como uma das primeiras colônias do Estado e até já recebeu a visita de D. Pedro II. Os primeiros imigrantes foram os suíços e depois vieram os holandeses, pomeranos, alemães, etc. Já se manteve como principal pólo comercial na região de montanhas do Espírito Santo devido à localização estratégica às margens do Rio Santa Maria, que favorecia o acesso à baía de Vitória. Hoje o município é considerado o maior produtor de gengibre do Brasil, além de hortifrutigranjeiros, banana e verduras.

Santa Leopoldina também possui várias cachoeiras (mais de 30), uma fauna e flora extensa e muito potencial para o turismo, a cultura e o lazer, principalmente a prática de esportes radicais!

 

1. Museu do Colono

Ir a Santa Leopoldina e não conhecer o Museu do Colono é não saber da história da cidade! Tem que ir, viu? O passeio é super rápido, DE GRAÇA e cheio de história! Prestes a completar 50 anos, o Museu do Colono acabou de ser restaurado e possui muitas peças da família Holzmeister, uma das pioneiras na formação de Santa Leopoldina. Dentro da casa, um acervo (mais de 500 peças) de louças, móveis, cristais, livros, fotografias, objetos e obras de arte adquiridos pela família em suas viagens ao exterior. Você entra sem sapato, guarda suas coisinhas em um armário (para evitar que nada esbarre nos objetos, que são super delicados) e ouve um pouco da história de Santa Leopoldina e da família Holzmeister. É muito bacana!

O imóvel foi tombado como patrimônio histórico em agosto de 1983 e para visitá-lo não paga nada. Funciona de quarta-feira a domingo, das 09 às 17 horas e feriados em horários especiais.

E no final, tire uma foto no painel! rs

 

2. Cachoeira Véu de Noiva

Infelizmente a água estava escura porque tinha acabado de chover! Mas é muito linda!

A Cachoeira Véu de Noiva foi um dos locais que eu mais amei conhecer! É uma das mais famosas da cidade e tem uma infraestrutura muito boa, até com hospedagem se você quiser ficar por lá. O Parque Cachoeira Véu de Noiva é super bonito, bem cuidado, tem muito espaço pra criançada brincar, local pra tomar banho, opções de lazer, diversão pura. O espaço é muito bacana pra reunir os amigos ou a família e passar um fim de semana descansando ou se divertindo.

Eu e Robertinha, curtindo a cachu! <3

Para entrar no parque, o valor da diária é de R$ 10. Para visita de 1 hora, R$ 5. Menores de 06 anos não pagam entrada. Se quiser almoçar, nos fins de semana tem fogão à lenha self-service e custa R$ 44,90 o kilo. A comida é muuuuuito gostosa e bem caseirona! (preços de abril/208)

Você também pode se hospedar lá. Se for acampar, a diária do camping é R$ 30. A diária do quarto com café da manhã varia de R$ 150 a R$ 200, depende da época da visita, e tem algumas unidades com hidromassagem. Fica a 10km mais ou menos do centro da cidade e a estrada é de chão. É bom levar repelente também, tá?

 

3. Cachoeira do Moxafongo

Que lindeza de Cachoeira!

Eu nunca tinha ouvido falar da Cachoeira do Moxafongo, mas me surpreendi pelo verde bonito e pela queda d’água com mais de 10 metros de altura, com um espaço bem mais calmo e raso para tomar banho. O local fica cerca de 1km do centro e tem uma pegada ecológica bacana, tem passeio de quadriciclo e tem serviço de bar e self-service (R$ 40/kg).

O espaço abre aos sábados, domingos e feriados, das 9 às 17 horas (em alta temporada abre à partir de quinta-feira) e custa R$ 5 para acessar e curtir a Cachoeira e o espaço. Telefone: (27) 99695-4208 (Mari Pagung)

 

Onde se hospedar

Pousada Vila Suíça, em Santa Leopoldina.

Fiquei hospedada na Pousada Vila Suíça, do Pedro Busato. Já tinha ido ao local quando era criança, mas mudou muito! Tá maior, mais bonita e muito bem cuidada! O local é enorme, café da manhã gostoso, espaço para festas e eventos, piscina e balanços. Os quartos são aconchegantes e a receptividade é demais.

Os valores variam de R$ 240 a R$ 260 o casal, com café da manhã incluso, exceto feriados e pacotes especiais. Fica bem próximo ao centro da cidade. Todos tem ventilador, frigobar, TV e ar condicionado. O negativo do local: não aceita cartão.

 

Onde comer

Pizza feita para o Campeonato Mundial dos Pizzaiolos desse ano, que o Luca participará novamente!

Essa dica é pra vida: não deixe de comer a pizza da L’Incontro, que fica no centro de Santa Leopoldina. O pizzaiolo Luca Lonardi (italiano), que comanda o local, já disputou o Campeonato Mundial de Pizzaiolos e ficou em 4º lugar entre os 49 concorrentes mundiais e em 1º lugar entre italianos que vivem no exterior. Bacana, né? A pizza é de massa fina, saborosa e tem muitos sabores. Experimente a de linguiça artesanal, que eles fazem no restaurante. Além das pizzas, tem massas, drinks, porções e sanduíches. Ele abriu o local em 2005 e desde então é sucesso e ponto turístico na cidade.

Ele abre todos os dias para almoço (self-service) e à noite só não funciona às segundas e quintas. O cardápio está aqui.

 

 

E aí, o que acharam das dicas? Pra um fim de semana, ainda tem espaço para conhecer outros pontos, como o Cemitério da cidade, que tem uma história bem bizarra: o túmulo de uma bebê que morreu afogada, a Maria Gilda, jorra água há 95 anos e, desde então, ninguém sabe como essa água vai parar por ali. Estranho, né? O Gazeta Online já fez reportagem sobre o caso. Nós não fomos lá dessa vez, pois choveu. Não tinha porque ir ver um túmulo que jorra água na chuva, né gente? hahaha

Se quiser outras dicas de locais, o Capixaba na Estrada já deu algumas dicas. Se quiser mais uma, o Guia Capixaba já falou sobre a Cachoeira das Andorinhas.

 

Curtindo o visu da cidade. Oh: faz calor em abril, apesar de ter chovido! rs

Adorei conhecer Santa Leopoldina! Queria agradecer ao Jefinho Expedições por ser nosso Guia nesse Pocando no ES. Foi mara!

É isso, gente! Espero que curtam o roteiro e aproveitem. Santa Leopoldina fica pertíssimo daqui de Vitória, vale esticar o fim de semana!

Beijos!

comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *